human-footprintsAgora. Esse é o nome da instalação permanente de 106 estruturas de ferro sem cabeça da artista plástica polonesa Magdalena Abakanowicz, localizada no Grant Park em Chicago. Esses pés, que possuem diferentes direções (e alguns estão em posição parada), simbolizam a ideia de ir a todos os lugares e, ao mesmo tempo, não ir a lugar nenhum.

 

Cores neutras e padrões mais clássicos (como poá – as ‘bolinhas’ e listras) sempre foram minhas escolhas principais para compor looks de inverno. No final do ano passado, fui à Chicago na semana do feriado de Thanksgiving (‘Dia de Ação de Graças’) e fotografei alguns looks.

Como base para quase todos os dias, usei casaco preto, branco ou jaqueta jeans e calça preta ou jeans. Dei preferência para utilizar os ‘pontos de cores’ em acessórios (como lenços, colares e brincos).

_DSC0484

No dia em que visitei o Grant Park (que integra o Millennium Park, o Museu Field de História Natural e o Art Institute of Chicago), escolhi o ponto de cor pelo cropped pink que, por si só, chama bastante atenção (ele tem aplicações de miçangas pretas em toda a parte da frente). Essa foi a primeira escolha do look. A partir daí, pensei no restante das peças com mais facilidade – para driblar o frio e equilibrar o ponto de cor, eu sabia que precisava criar uma composição neutra e em camadas. Por baixo do cropped, usei uma blusa de manga comprida preta. Por cima, escolhi um colete preto e o casaco. Luvas, calça e botas também foram pretos.

_DSC0552_DSC0483_DSC0551_DSC0531_DSC0541Neste dia, logo após tirar as fotos do look e a visita à instalação Agora (acima), comi brunch no Yolk, restaurante especializado em café da manhã e brunch.
_DSC0516_DSC0546

Cropped pink: Karin Feller / Colete preto: Calvin Klein / Casaco: TJ Maxx / Calça: Zara / Bota: Santa Lolla / Bolsa: Riachuelo / Brinco: Josefina Rosacor

Quando há muitos caminhos disponíveis, fica mais difícil escolher a rota. Qual direção seguir, agora?