playO maior equívoco sobre mim é que eu sou um personagem ou uma persona. Que, quando as luzes e câmeras desligarem, vou transformar-me em uma abóbora. E simplesmente não é verdade. Eu faço música, arte e design durante todo o dia. Sim, eu lavo a cara e vou dormir, mas quando eu acordo, sou sempre Lady Gaga. (Lady Gaga)

 

A liberdade dos gostos e estilos é posta em prática ano a ano nos festivais de música, cultura e arte. Nessas ocasiões, celebridades e visitantes aproveitam a atmosfera mais leve para ousar em maquiagem, penteado, looks e, quem sabe, lançar momentâneas tendências (aka coroa de flores, kimonos…) para a estação.

O Coachella Valley Music and Arts Festival 2016 – festival de música e arte que acontece na Califórnia – iniciou no último dia 15 e tem acumulado uma série de looks interessantes para inspirar nossa meia estação (que mais parece verão do que outono).

Entre influenciadoras, artistas e blogueiras, separei minhas escolhas preferidas (so far), destacando brasileiras e categorias para analisar os estilos e as referências escolhidas.Coachella-melhores-looks-de-2016-por-Just-Carol-thassia

A blogueira Thássia Naves tem escolhido composições bem trabalhadas, com destaque para os penteados e combinações de acessórios marcantes: botas, chapéu e mix de pulseiras. São justamente esses ‘complementos’ que permitem mais originalidade nos looks (compostos por peças casuais em cores sóbrias).Coachella-melhores-looks-de-2016-por-Just-Carol-kendall

Com um vestido trabalhado em recortes e transparência sutil, combinado à um maxi colar, a Kendall Jenner deu o que falar vestindo uma de suas escolhas para o festival. Eu coloquei outras referências dela, para mostrar o estilo seguido nos últimos anos: looks gypsy, uma das referências mais utilizadas em festivais (mais detalhes a seguir).Coachella-melhores-looks-de-2016-por-Just-Carol-gypsy

#gypsystyle. Conhecido pela semelhança com os estilos boêmio, hippie, cigano, folk ou boho, o gypsy style agrega um pouco de todas as referências citadas: peças amplas (como batas, saias fluidas e kimonos), acessórios de prata ou ouro velhos (e muitos acessórios!), estampas, lenços, sobreposições, muita cor e cropped. Bastante utilizado em festivais, é notado pelo ar despojado, livre e alegre.Coachella-melhores-looks-de-2016-por-Just-Carol-denim

#denimlove. Tecido mais básico e obrigatório de todo guarda-roupa, o jeans sempre encontra maneiras de se reinventar: seja em modelagens diferentes (como jardineiras e macacões), aplicações ou mix de jeans. Na dúvida, o bom short também resolve qualquer insegurança de como compor (ou começar a compor) um look!Coachella-melhores-looks-de-2016-por-Just-Carol-crochet]

#crochetmuitoamor. Elemento bastante presente em estilos ‘gypsy’ (e semelhantes), o crochet traz um toque artesanal (e feminino) para qualquer produção. Por ser bem delicado, combina muito bem com acessórios mais pesados, alegres, estampas e (claro) com jeans também.Coachella-melhores-looks-de-2016-por-Just-Carol-terrosos

#terrosos. Acessórios e peças em tons de marrom e nude são ótimas escolhas para ‘quebrar’ (e equilibrar) todas as informações de um look. Como esses tons são muito clássicos, dá para investir em acessórios (botas de cano curto, cintos, bolsas) e usar o ano inteiro, em todas as estações!Coachella-melhores-looks-de-2016-por-Just-Carol-rock

#rockinho. Conseguimos desgrudar da praticidade das camisetas? Estilos mais confortáveis, com referências de bandas ou outras culturas que remetem ao rock, também são bastante utilizados em festivais. Não dá para negar que, em termos de comodidade, essa é a melhor opção!

Qual é o seu estilo preferido das referências citadas acima? Qual seria sua escolha para um festival?